. Atividades Escolares / Juntos pela Educação Juntos pela Educação 3CE97F5D2239A2AF6BFF8F076536A584 Atividades Escolares / Juntos pela Educação

PROMOÇÃO

PESQUISAR

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

terça-feira, 26 de setembro de 2017

sábado, 23 de setembro de 2017

PROVA SARESP PARA DOWNLOAD 3º, 4º, 5º,6º E 7º ANO ENSINO FUNDAMENTAL

19:50 0 Comments

Olá professores, hoje estou disponibilizando para download prova SARESP do 3º,4º,5º,6º,e 7º ano do Ensino Fundamental. Esses provas são ideais para preparar nossos alunos para as avaliações externas, bem como identificar suas dificuldades.

Para baixar, é só clicar nos links abaixo e fazer o download. Boa Aula!

Caso queira contribuir com nosso blog, envie atividades pelo e-mail abaixo.


Baixe as provas nos links abaixo:





sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Paulo Freire pode perder o título de patrono da educação brasileira.

20:02 0 Comments

Patrono oficial da educação brasileira, Paulo Freire pode deixar de sê-lo – se uma ideia legislativa apresentada no site do Senado prosperar.

Fonte: Gazeta do Povo


A proposta revogaria a lei 12.612, de 2012, aprovada pelo governo e sancionada por Dilma Rousseff. São necessárias 20 mil assinaturas para que o tema seja debatido no Senado. Até a publicação desta reportagem, eram menos de 8 mil.
“Paulo Freire é considerado filósofo de esquerda e seu método de educação se baseia na luta de classes”, argumenta Stefanny Papaiano, autora da proposta, na página.“Os resultados são catastróficos e tal método já demonstrou em todas as avaliações internacionais que é um fracasso retumbante”, prossegue.
O educador e filósofo Paulo Freire é o criador da pedagogia do oprimido, fortemente influenciada pelas ideias marxistas.

O projeto de lei que transformou Paulo Freire em patrono da educação é de autoria da deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP) e foi apresentado em 2005. Procurada, a assessoria de Erundina não se manifestou até a publicação desta reportagem. 
O projeto de Erundina não chegou a ser apreciado pelo plenário: tramitou em caráter terminativo nas comissões de Educação da Câmara e do Senado – e teve unanimidade.

Divergência 
Célio da Cunha, professor da Universidade Católica de Brasília, classifica o projeto como “absurdo”. “Freire é não só o educador, mas o intelectual brasileiro que mais teve repercussão no exterior”, diz. “Seu legado é uma forma de educação que se aplica a todos os setores da sociedade; sua obra tem uma dimensão pedagógica a favor dos excluídos e segmentos pobres da população”, completa. 
Mas para Miguel Nagib, fundador do movimento Escola Sem Partido, a lei precisa mesmo ser revogada. “Paulo Freire, de certo modo, é responsável pelo descalabro que é a educação no Brasil. Nesse sentido ele até mereceria ser citado com patrono”, ironiza. Nagib critica a lei proposta por Erundina: “O Escola Sem Partido apoia essa ideia. Foi uma leviandade do Congresso Nacional conceder esse título”.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

ATIVIDADES DE LOCALIZAÇÃO 4º E 5º ANO PREPARAÇÃO PARA O SARESP

16:29 0 Comments

Dando continuidade a nossa sequência de atividades de preparação para o SARESP, estamos disponibilizando mais  atividades  de localização de 4º ano e 5º ano. 

Esta atividade estará disponível para download no link abaixo.

 CLIQUE AQUI E BAIXE  A ATIVIDADE  PREPARATÓRIA PARA O SARESP MODELO I



segunda-feira, 18 de setembro de 2017

ATIVIDADES PARA IMPRIMIR - EDUCAÇÃO INFANTIL

18:19 0 Comments

 Hoje estamos disponibilizando algumas atividades de Educação Infantil para que você possa imprimir.

 As atividades são importantes pois, a educação infantil, primeira etapa da educação básica tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança até seis anos de idade, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade.

Caso queira utilizar as atividades, é só clicar nas imagens e salvá-las. Boa Aula.










domingo, 17 de setembro de 2017

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

TRÊS MANEIRAS DE SE AVALIAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL

17:47 0 Comments

Embora seja um papel fundamental da escola avaliar o desenvolvimento dos alunos, muitas delas não dão a devida importância a essa atividade, limitando a realizá-la baseando-se apenas no desempenho escolar da criança.

Uma das etapas mais importantes na formação da criança é a vida escolar. Na escola, a criança tem um primeiro contato com os seus deveres, suas responsabilidades e com outras crianças com quem ela desenvolve a socialização. Muito além do ensino escolar, a educação infantil é fundamental para a formação da criança como cidadã. Portanto, é de extrema importância que a escola possa acompanhar essa formação com uma avaliação da educação infantil..

Muitos outros fatores devem ser trabalhados para que a avaliação seja feita de maneira correta. Separamos, neste post, algumas maneiras de avaliar os alunos na educação infantil. Confira!

Saiba o papel do professor na avaliação da educação infantil

Os professores estarão presentes no cotidiano da criança e vão acompanhar de perto o seu desenvolvimento. Além de exercer a função de educador, o professor deve atentar-se à forma como cada aluno se comporta com os colegas, com os próprios professores, nas aulas e nas atividades, e identificar com qual área de conhecimento a criança tem mais facilidade.
Vale ressaltar que cada professor é responsável por avaliar o aluno sob a sua perspectiva. Por isso, o empenho de todos é fundamental para realizar uma avaliação correta. Assim, todos os professores colaboram para um relatório fiel da criança com base no que foi observado.

Observe e registre

Seja em um caderno ou por meio de um diário on-line, é importante sempre registrar informações relevantes sobre os alunos. A avaliação da educação infantil é um processo contínuo, portanto, é fundamental anotar essas informações de cada criança periodicamente.
Para facilitar os registros, o professor pode dividir a turma em grupos e dedicar cada dia da semana para observar os alunos de um grupo com mais atenção. Assim, ao final da semana, ele terá informações sobre todos os alunos.
Alguns itens específicos devem ser observados com mais atenção e registrados ao longo do tempo:
  • Quais são as características do aluno?
  • Como é a sua participação nas atividades?
  • Ele tem autonomia?
  • Quais são as suas habilidades e dificuldades?
  • Como se ele comporta nas aulas?
  • Como se relaciona com colegas e professores?
  • Como reage a conquistas e fracassos?
  • Como reage a conflitos e adversidades?
  • Quais foram os seus avanços?
Esses são alguns dados importantes que devem ser registrados. Muitas outras situações do cotidiano podem ser anotadas. Com essas informações em mãos, os professores podem conhecer melhor os seus alunos, traçar estratégias para que eles se interessem mais pelas aulas e para melhorar formação das crianças.

Converse com os alunos

Não basta realizar uma avaliação sem conversar com a criança antes e entender o seu lado. É preciso dar voz ao aluno para que ele não seja avaliado sob uma única perspectiva. Assim, ele pode expor o que acha da aula, da escola, dos professores, dos colegas e dos outros elementos que o envolvem no ambiente escolar.
Embora seja necessário que a criança se expresse, o professor deve conhecê-la para aproximar-se dela. Além da avaliação tomar outra perspectiva, essa prática desenvolve, na criança, a concepção de cidadania.

Elabore relatórios e dossiês

Para realizar a avaliação dos alunos, é importante fazer relatórios sobre cada um deles ao final de cada etapa. Como esses relatórios serão entregues aos pais, a elaboração deve ser bem precisa acerca das informações coletadas, descrevendo e avaliando a criança na escola durante a etapa.
Montar um dossiê de cada aluno também é um recurso que pode ser usado para avaliar a educação infantil. Utilizar atividades, e trabalhos manuais pode comprovar o que está sendo descrito no relatório e exemplificar o seu desenvolvimento escolar.
Embora a avaliação da educação infantil seja uma tarefa importante da escola, é preciso ser realizada em conjunto com os pais. Além de estarem presentes no dia a dia das crianças, eles possuem outras visões sobre elas e terão mais o que falar sobre os seus filhos. A colaboração dos pais ajuda a desenvolver um trabalho que, além de melhorar o desempenho escolar das crianças, será também fundamental para a formação delas como cidadãs.
Gostou deste artigo? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro de outros conteúdos como este!

network

PROMOÇÃO